Daniel – Um livro para os nossos dias

Durante séculos a Bíblia foi proibida e censurada, e muitos perderam suas vidas por crer e ensinar as verdades que nela estão reveladas. No entanto, vivemos um tempo de liberdade religiosa e temos que aproveitar cada minuto para descobrirmos a vontade de Deus para a nossa vida. Por isso é um sagrado privilégio ter a Bíblia em nossas mãos e poder estudá-la. Antes de começar cada estudo, faça uma oração suplicando que o mesmo Espírito, que inspirou os apóstolos e profetas a escreverem esse livro, ilumine sua mente enquanto você ouve a voz de Deus através de suas páginas. Ao todo, a Palavra de Deus, a Bíblia contém 66 livros que estão divididos na seguinte forma:

Antigo Testamento:

1) Pentateuco: São os primeiros cinco livros da Bíblia escritos por Moisés, também chamados de Torah (lei) pelos judeus. Na língua grega penta significa “cinco” e teuco significa “livro”.

2) Livros históricos: Josué a Ester.

3) Livros poéticos: Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes e Cantares (ou Cântico dos cânticos) de Salomão.

4) Livros proféticos:

a) Profetas maiores: Isaías, Jeremias, Lamentações, Ezequiel e Daniel.

b) Profetas menores: Oséias a Malaquias.

Novo Testamento:

1) Evangelhos: Mateus, Marcos, Lucas e João.

2) Histórico: Atos dos Apóstolos.

3) Epístolas:

a) Gerais (Tiago, Pedro, João e Judas).

b) Paulinas (Todas as cartas de Paulo).

4) Profético: Apocalipse.

Acreditamos que os livros proféticos de Daniel e Apocalipse têm mensagens específicas para nossos dias, por isso, escolhemos o livro de Daniel para nosso estudo. Esse livro vai nos proporcionar uma viagem extraordinária ao passado, através de suas histórias, e ao futuro, através das enigmáticas profecias que ele apresenta.

O tema central do livro é o GRANDE CONFLITO entre o bem e o mal, entre a vontade de Deus e a vontade humana, entre as verdades do Céu e as crendices pagãs, entre o eterno governante do universo e os transitórios governantes da terra, entre o perseguido povo de Deus e seus inimigos perseguidores.

Aprendendo juntos

A opinião tradicional, tanto de judeus como de cristãos, é que o livro foi escrito por volta do ano 600 a.C., período em que Daniel esteve como prisioneiro no grande império da Babilônia.

De acordo com Jesus, quem é o autor do livro de Daniel? Mateus 24:15

Há algumas evidências para acreditarmos que Daniel tenha escrito o livro que leva seu nome. Primeiro, ele usa a primeira pessoa do singular ao escrever. Segundo, somente alguém que tenha vivido no VI Século a.C. podia conhecer detalhes como os contidos no livro. Por fim, se o próprio Cristo afirma que Daniel foi o autor, então, não há razão para duvidar.

Quem era Daniel? Daniel 1:3-6

Quando Nabucodonosor invadiu pela primeira vez a cidade de Jerusalém em 605 A.C, ele levou cativos para Babilônia, vários jovens da linhagem real e que pertenciam à nobreza de Israel. Entre esses estavam Daniel e seus três amigos, Hananias, Misael e Azarias.

Que tempo profético recebe grande ênfase no livro de Daniel? Daniel 2:28; 10:14?

A mensagem de Deus foi clara. Uma parte de seu livro referia-se aos dias ainda muito distantes, período também mencionado na Bíblia como “últimos dias” (2 Timóteo 3:1; 2 Pedro 3:3). Estas profecias requerem especial atenção, pois se destinam especificamente ao tempo em que vivemos.

Já que as profecias dadas a Daniel eram para o tempo do fim, que ordem ele recebeu do anjo? Daniel 12:4, 9

O livro de Daniel teria uma parte selada que seria compreendida apenas no “tempo do fim” (Daniel 12:2). Daniel recebeu instruções de fechar e selar estas profecias até que, no tempo determinado, mediante um estudo diligente do livro, os mistérios de Deus seriam revelados (Daniel 12:4).

Quando se iniciaria o “tempo do fim” e os mistérios do livro poderiam então ser compreendidos? Daniel 12:6, 7

As profecias de Daniel que estavam seladas só seriam compreendidas quando chegasse o “Tempo do Fim”, e isso seria depois de “um tempo, dois tempos e metade de um tempo” (Daniel 12:7).

A expressão “tempos” equivale a “anos” (veja Daniel 11:13). Assim temos:

 

1 tempo 1 ano 12 meses
2 tempos 2 anos 24 meses
½ tempo ½ anos 6 meses
Total 3,5 tempos 3,5 anos 42 meses

Em profecias, quanto tempo representa um dia literal? Números 14:34, Ezequiel 4:7

Ao lidarmos com períodos proféticos um dia equivale a um ano literal. Assim, o período acima pode ser interpretado como 42 meses ou 1.260 dias/anos (42X30=1.260). Este mesmo período de tempo (um tempo, dois tempos e metade de um tempo) aparece também em Daniel 7:25, quando fala do momento em que os “santos” (filhos leais de Deus) seriam entregues nas mãos do “chifre pequeno”, um poder antagônico a Deus (Daniel 7:21), para serem perseguidos.

Este período de perseguição do “chifre pequeno” aos “santos do altíssimo” (Daniel 7:25) se cumpriu na história dos anos 538 A.D. a 1.798 A.D. Assim, o ano de 1.798 dá início ao chamado “tempo do fim”, quando as profecias seladas de Daniel seriam estudadas e plenamente compreendidas (veremos esse assunto em detalhes mais adiante).

Que segurança a Bíblia nos oferece quanto ao futuro? Amós 3:7

O profeta Amós nos diz que Deus não fará “coisa alguma” sem primeiro revelar Seus segredos aos “Seus servos, os profetas”. Daniel, diferente da maioria dos profetas, foi chamado por Deus para receber revelações que se aplicam exclusivamente aos nossos dias. Veremos em cada história e profecia de seu livro mensagens divinas que nos fortalecem e animam à medida que nos aproximamos da última grande crise da história (Daniel 12:1). Por isso é imprescindível reservarmos tempo para o estudo desse livro, pois quando o homem despreza as profecias, ele se corrompe (Provérbios 29:18; 1 Tessalonicenses 5:20).

Qual é o resultado de rejeitar a mensagem profética? Provérbios 29:18

Quando as pessoas desprezam a mensagem profética, elas perdem o padrão moral de Deus para suas vidas. O resultado é a degradação, pois sem Deus o homem se corrompe. A palavra profética é a forma que Deus usa para demonstrar que podemos confiar totalmente nEle no que diz respeito a nossa vida no presente e também no que Ele tem preparado para o futuro.

Que advertência deu Jesus ao falar sobre uma profecia de Daniel? Mateus 24:15

LER e ENTENDER. Esses são os desafios para todos nós. Agora que descobrimos que já estamos vivendo no “Tempo do fim”, quando as profecias de Daniel já podem ser desvendadas, vamos aprofundar nosso estudo. Na próxima lição iremos descobrir como Deus cuida de Seus filhos independentemente das circunstâncias adversas.

 

Fonte:(Biblia.com.br)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here